Entrevistas

'As pessoas não se amam. Elas amam seus carros, seus telefones', diz instrutor indiano

De passagem pelo Brasil para ministrar cursos e palestras, o indiano Swami Atmanand Ji, instrutor sênior da Organização Internacional Arte de Viver, concedeu entrevista ao Bahia Notícias e falou sobre como, em determinados momentos da vida, as responsabilidades e atividades cotidianas interferem na paz interior, no entusiasmo e na alegria. Swami sugere como podemos viver o máximo potencial da vida, através de técnicas simples de meditação, respiração e yoga, práticas ensinadas na Arte de Viver. Durante a entrevista, o instrutor falou das suas impressões sobre o país. “Aqui as pessoas se expressam muito. E sentem muito pertencimento umas com as outras, isso é uma coisa que realmente tocou meu coração”. Ele ainda ressaltou sua preocupação com a quantidade de pessoas que sofrem de depressão no país. “Fico preocupado porque aqui muitas pessoas têm depressão, muitas. Através do Arte de Viver, buscamos proporcionar mais alívio e felicidade para as pessoas”, pontuou Swami. O instrutor ainda lembra que ninguém nunca lhe ensinou, na escola ou na universidade, como lidar com a nossa mente. E que só é possível ter o entendimento maior do que realmente é a vida quando se percebe que coisa mais importante no mundo é a sua vida. A Arte de Viver está presente em 152 países ensinando técnicas de respiração, meditação e yoga para milhões de pessoas que estão aprendendo essa técnica e conseguindo ser felizes. Leia abaixo a entrevista na íntegra.

Veja mais

Quarta, 19 de Fevereiro de 2014 - 17:40

Dieta sem carboidrato pode prejudicar a saúde

Dieta sem carboidrato pode prejudicar a saúde
Um dos principais mitos sobre o macarrão é que, por ser rico em carboidratos, o seu consumo prejudica quem quer perder peso. Mas segundo a nutricionista Fabiana Fontes, consultora da Pelaggio, ter uma alimentação pobre em carboidratos sem acompanhamento médico pode trazer sérios riscos à saúde. “Os carboidratos presentes nas massas são responsáveis em nos fornecer nutrientes energéticos, são eles que ministram a maior parte da energia necessária para o corpo realizar nossas atividades normais, como andar e trabalhar”, explica Fabiana.
 
Os principais efeitos sentidos por quem restringe o consumo de carboidratos são cansaço, dores de cabeça, sonolência, fraqueza, falta de concentração, tontura e até desmaios. Além disso, um corte total de carboidratos da alimentação diária faz com que o organismo passe a usar a proteína como fonte de energia, o que provoca a perda de massa magra. “Quem corta totalmente os carboidratos pode até registrar uma perda de peso, como defendido pelas dietas da moda”, conta Fabiana. Porém, destaca que essa redução não acontece de uma forma saudável e dificilmente consegue ser mantida posteriormente.
 
Segundo a especialista, consumir macarrão, na quantidade correta e com os acompanhamentos indicados, pode inclusive contribuir na redução do peso. Isso porque o macarrão possui um baixo Índice Glicêmico (IG), ou seja, diminui a velocidade do nível da glicose no sangue, o que proporciona saciedade mais prolongada. De acordo com Fabiana, a quantidade ideal recomendada para um adulto é de dois pegadores de massa numa refeição, sempre acompanhados de uma fonte de proteína, como carnes, frango, peixe, ovos cozidos ou peito de peru, e legumes variados.

Comentar

   

Histórico de Conteudo

Artigos

Sri Sri Ravi Shankar
Meditação: Comida para a alma

A meditação é a viagem do movimento à calma, do som ao silêncio. A necessidade de meditar está presente em cada ser humano, porque é uma tendência natural da vida humana procurar uma alegria que não diminui, um amor que não muda, ou se transforma em emoções negativas.

Veja mais